Documentação na importação: como ser ajudado pelo uso do checklist

No artigo de hoje vamos lhe mostrar a documentação na importação e como você pode ser ajudado pelo uso do checklist:

O mercado está cada dia mais competitivo e para as empresas isso deveria ser visto como uma oportunidade de crescer e investir em diferenciais que melhoram seu posicionamento dentro do nicho de trabalho, o que de fato faz com que os consumidores em potencial as encontrem com facilidade.

Para muitas empresas essa inovação pode ser adquirida com a importação de mercadorias, criando uma espécie de diferencial por oferecer produtos que não são nacionais e que tenham características especificas ou únicas.

Obviamente que importar é algo interessante e muitas empresas têm esse processo entre seus planos por inúmeros motivos. Contudo, para importar é preciso ficar atento as burocracias dos órgãos governamentais do Brasil, assim como reunir e organizar toda documentação na importação exigida.

É nesse momento que você deve ficar atento, pois se esquecer detalhes ou errar informações nesses documentos, a mercadoria pode ser apreendida e a sua empresa pode ser multada por não cumprir as normas aduaneiras.

O interessante é que muitas empresas começaram a usar um checklist com a relação de documentação na importação exigida pelos órgãos e a partir disso ter mais controle sobre os documentos que devem ser apresentados.

Deseja saber como você pode ser ajudado pelo uso do checklist? Confira.

documentação na importação

Para fazer a importação de mercadorias é necessário apresentas diferentes documentos e pode ser que nem sempre o setor responsável por colocar o processo em andamento na empresa vai se lembrar de todas as exigências que os órgãos brasileiros fazem no momento de “realizar” as importações.

Se para um processo simples como renovar a carteira de motorista grande parte das pessoas esquecem os documentos que precisam apresentar para finalizar o processo, por que em algo tão mais complexo e que exige mais documentos isso seria diferente? Isso é mais comum do que imagina, mas obviamente que não é algo agradável pois isso pode prejudicar a empresa.

Então para evitar que tenha problemas relacionados a esse é interessante cogitar o uso de um checklist de documentação na importação para que a partir dele tenha noção de quais documentos precisam ser providenciados.

O que colocar no seu Checklist de Documentação na Importação?

Existem muitos modelos de checklist documental para importação que são capazes de te ajudar a organizar o processo. A maioria está disponível pela internet gratuitamente. Contudo, você mesmo pode criar o checklist da sua empresa e seguir os padrões que já estão acostumados a usar no processo.

De qualquer forma, os documentos que a empresa deve providenciar, são:

– Fatura (Proforma Invoice ou Commercial Invoice):

Existem dois tipos de faturas, o primeiro é o proforma invoice ou fatura pró-forma. Essa fatura é um documento comercial preliminar de venda e serve para informar seu compromisso com a transação. Já a comercial invoice ou fatura comercial representa a operação comercial realizada e é exigida pela alfândega para ver o valor real e a partir disso, calcular deveres e impostos.

– Packing List (romaneio):

O “packing list” ou romaneio de carga é um documento de embarque para a descriminação de todas as mercadorias que estão sendo embarcadas ou todos os componentes de uma carga. Ele serve para detalhar a mercadoria que está sendo importada. Assim ele ajudará a identificar e localizar todos os produtos dentro do lote para que passem pelo processo de fiscalização.

– Declaração de Importação:

É importante que a empresa faça a declaração de importação pois todas as mercadorias estão sujeitas a passar pelo despacho aduaneiro e com isso ser verificada com atenção para saber se os dados declarados estão de acordo com a mercadoria. Caso não tenha esse documento é possível a importação seja interrompida. Geralmente esse documento é expedido pelo Siscomex.

– Conhecimento de Carga:

Esse documento também é chamado de “conhecimento de transporte” e a partir dele é definido a contratação do serviço de transporte internacional. O documento é muito importante porque serve como um comprovante de recebimento da mercadoria na origem e a obrigação de entregá-la onde foi combinado. O documento recebe nome de acordo com a via de transporte.

Existem outros documentos que podem ser necessários nesse processo. No entanto, é interessante você contar com profissionais especializados nesse tipo de serviço, pois assim pode criar o próprio checklist de documentação na importação de acordo com as necessidades e atividade da sua empresa.

Recomendados Para Você:

Add Comment

Você conhece o Melhor Redirecionador de Encomendas dos EUA? Clique No Botão >>Veja Aqui!