Como Exportar? 5 Melhores Dicas

Veja neste artigo as melhores dicas de como exportar:

A exportação é uma alternativa interessante às empresas que buscam uma forma de ampliar as suas atividades e conquistar visibilidade no mercado.

Ao contrário do que alguns empreendedores pensam, a exportação não se aplica apenas as grandes e médias empresas. Essa atividade também pode ser feita por empresas pequenas e inclusive serve como estratégia para se posicionar no mercado, ganhando a atenção do consumidor em potencial.

É claro que exportar não é tarefa simples. Entrar no mercado internacional requer conhecimento, planejamento e inclusive coragem. Afinal de contas, você vai oferecer e vender seus produtos para empresas de países com um padrão de negociação muito diferente do que está acostumado no Brasil.

Como exportar?

como exportar?

Portanto, antes de pensar nessa possibilidade você precisa fazer a sua lição de casa e aprender como exportar dentro da lei. A partir disso pode fazer o seu plano de internacionalização com objetivo de atender as demandas do mercado internacional e garantir resultados positivos para a sua empresa.

Você está pronto para o desafio? Confira abaixo dicas de como exportar?

  1. Comece registrando a sua empresa para fazer a exportação

A legislação do Brasil exige que o exportador esteja inscrito no “Registro de Exportadores e Importadores” para que comece a exportar seus produtos. O processo é bem simples. Na verdade, assim que a sua empresa exportar pela primeira vez o registro é feito automaticamente e sem preocupações.

  1. Determine o tipo de exportação que deseja fazer

Tecnicamente, existem dois tipos de exportação de mercadoria. O primeiro é a direta voltada ao fabricante do produto, que precisa conhecer todos os procedimentos a respeito do mesmo e o segundo que é a indireta, voltado a empresas intermediárias que compram o produto para depois exportar.

  1. Faça um planejamento de importação antes de começar

É importante fazer um planejamento estratégico que vise a exportação. No plano você consegue analisar o mercado externo e definir os produtos mais apropriados para vender no exterior. Foque na pesquisa e conhecimento, pois com isso você acaba tendo mais chances de ter sucesso no processo.

  1. Inicie com as burocracias e operação da exportação com atenção

Quando o planejamento estiver pronto pode partir para as burocracias, ou no caso, a operação. O primeiro passo é a negociação com os compradores e a apresentação de um catálogo de produtos e amostras são cruciais. Com isso pode fazer uma oferta direta e se tudo der certo, fechar esse negócio.

  1. Fechou o negócio? Atenção aos documentos necessários

Assim que fechar o negócio deve ir para a parte mais chata e burocrática, a emissão de documentos. Primeiro deve enviar uma fatura pró-forma para o importador contendo a descrição do importador e exportador, além das características do produto (o peso líquido e bruto, a quantidade e outros).

  1. Se prepare para o embarque do produto rumo ao comprador

Após emitir a fatura será preciso fazer dos documentos para embarque e a partir disso contratar a operação de câmbio para converter a moeda. Feito isso pode fazer embarque e despacho aduaneiro (que depende da liberação da Receita Federal) e para finalizar preparar os documentos pós-embarque.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA EXPORTAR

Para fazer o pré-embarque é necessário: fatura pró-forma; nota fiscal com certificados adicionais; romaneio de embarque detalhando a mercadoria; registro de exportação; carta de crédito e contrato de câmbio (conversão).

No pós-embarque: comprovante de exportação feita pela Receita Federal.

Se seguir esses passos com atenção e contar com o auxílio de profissionais qualificados o processo de exportar se torna muito simples. É claro que ele exige dedicação e conhecimento, mas ao fazer sua lição de casa todo esse processo se torna rotina para empresa e os resultados começam a chegar.

Recomendados Para Você:

Add Comment

Você conhece o Melhor Redirecionador de Encomendas dos EUA? Clique No Botão >>Veja Aqui!