FACEBOOK
FACEBOOK
TWITTER
TWITTER
GOOGLE
GOOGLE
PINTEREST
PINTEREST
LINKEDIN
LINKEDIN
TUMBLR
TUMBLR
BLOGGER
BLOGGER
REDDIT
REDDIT
PRINT
PRINT
EMAIL
EMAIL
Ebates Coupons and Cash Back

Importar carros vale a pena?

E agora, será que importar carros vale a pena?

A não ser que você estava preso em uma caverna durantes sua vida toda você sabe que o preço dos carros aqui no Brasil é um absurdo, e quando comparando com preços dos EUA então aí que dá mais raiva ainda, mas será que vale a pena importar carros? Isso que vamos descobrir agora.

importar carros vale a pena

importar carros vale a pena

Os preços no Brasil andam assustando um pouco em todos os ramos de negócios, e a importação de produtos nunca esteve tão em voga como nos dias atuais. Mas, será que vale a pena importar de tudo? Vale a pena importar automóveis?

Hoje em dia é muito fácil importar, a pergunta que deve ser feita é se vale a pena e até onde vale a pena? No caso de veículos, essa pergunta deve ser feita com muito cuidado. Muitos carros comprados aqui mesmo quando dão algum problema ou acidente já é difícil de obter as peças e os reparos necessários. Então, valeria arriscar e importar um? E valores? E taxas?

Muitas empresas têm se especializado nesse tipo de serviço. O custo da importação é feito em porcentagem e às vezes é o dobro ou mais do valor do automóvel. Vale a pena?

Burocracia excessiva

O brasileiro reclama da burocracia excessiva para tudo dentro do país, desde os pequenos negócios até os maiores. As taxas de importações de pequenos objetos são altas e os trâmites não são poucos, imagina para importar um carro.

Se você tem um sonho de ter um carro que não é fabricado aqui, comece a ter paciência e a preparar o bolso para trazê-lo. Importar um carro talvez seja um dos mais atravancados e mais bem tributados trâmites que consta na legislação de comércio exterior.

O prazo é de pelo menos três meses, os custos ficam de 2,2 a 3,5 vezes maiores do que o preço do veículo em seu país de origem e é preciso que você consiga documentos, licenças e autorizações nos mais diversos órgãos do poder público nacional.

Em termos de custos, impostos e correria, não vale a pena importar veículos, a não ser pelo simples prazer de ter o carro dos sonhos.

Algumas marcas estão trazendo carros de forma oficial ao Brasil e mesmo com custo mais caro do que a importação independente tem mais saída, pois evita-se muitas dores de cabeça e possíveis problemas com a Receita Federal, o que não é difícil acontecer devido a tanta burocracia.

A fiscalização rígida da Receita é para evitar a sonegação.

O que é preciso para importar um carro 0 km?

São muitos os processos. É necessário ter um cadastro no Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex). A partir deste cadastro, a Receita Federal irá analisar todos os dados fiscais do solicitante e verificar se a aquisição do veículo é compatível com os bens declarados por ele.

Caso a Receita aprove, você receberá uma senha no RADAR que é o Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros, permitindo que você procure um carro 0 km no exterior.

Depois, é necessário um pedido de Emissão do Pró-Forma Invoice com a intenção de compra com todos os dados do comprador e do vendedor, validade da proposta, previsão de embarque, características detalhadas do modelo e seu preço com frete.

Entre inúmeros outros processos. Em resumo, importar um veículo só vale se o modelo não é comercializado no Brasil ou é relíquia para quem coleciona carros ou se a discrepância de valores for absurda.

Recomendados Para Você:

Add Comment

Quer ter Acesso GRÁTIS aos Melhores Fornecedores do Brasil? Clique No Botão >>Clique aqui

 

Recomendados Para Você:

 

Recomendados Para Você: